top of page
  • Foto do escritorLuís Fragetti

Vacinas em portadores de Fibrose Pulmonar


A fibrose pulmonar idiopática é um tipo de pneumonia afetando a região intersticial dos pulmões, de caráter crônico, com evolução fibrosante, de causa desconhecida, porém associada com múltiplos fatores de risco, integrada à sintomatologia de tosse e falta de ar (dispneia), a última relacionada com a piora funcional respiratória progressiva, mensurável através a realização de Prova Funcional Respiratória e marcada pela gravidade do quadro. A incidência, em anos recentes, vem aumentando. Essa moléstia, assim como outras doenças respiratórias crônicas, tem merecido ser abordada de maneira ampla quanto ao tratamento, incluindo o uso de drogas anti fibróticas (eficazes em reduzir o ritmo de deterioração funcional pulmonar) agora disponíveis e as indicações para vacinas, entre outras indicações de tratamento. Até o presente momento, não temos estudos objetivos, específicos para avaliar o impacto da vacinação em indivíduos com Fibrose Pulmonar, todavia ao considerarmos as condutas definidas em diretrizes de doenças, como por exemplo da Asma e da DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), os pacientes com Fibrose Pulmonar devem receber vacinação contra a GRIPE - Influenza (anualmente) e receber a vacinação pneumocócica (conjugada proteica 13, seguida da sacarídica 23).

1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


bottom of page